domingo, dezembro 12, 2010

A reflexão me leva

Todo o dia se passa
e fico a pensar no que há
baseado no que se foi,
o que há é um tudo de oportunidades várias
na dormência dos dias passados
os ventos atuais me levam a ver
que atravessar o deserto foi preciso
para sentir a sede, a boca sedenta.
Para sentir a fome de  descobrir
cada vez mais e mais....
insaciável  fome de saber
reconhecer que tudo o que eu pensava ter
nada era perante o que se mostra
agora
juntar tudo e seguir
isso é maravilhoso!
Vislumbrar o que se pode ter e fazer
dentro de toda a vastidão do deserto percorrida
encontrar aqui e acolá
fontes de água cristalina.
Brindar a vida que segue incólume
por entre os dias que se passam.
Postar um comentário