quarta-feira, junho 01, 2011

Borboletas fecham as asas para dizer “não”

Uma nova pesquisa descobriu que as borboletas, assim como as mulheres, não gostam de perder tempo.

Na vida passageira desse inseto, sexo é coisa de uma só vez. Agora, cientistas japoneses perceberam que as borboletas têm uma forma simples de evitar a atenção indesejada de machos persistentes: elas fecham suas asas. Ao dobrá-las, as fêmeas tornam-se menos visíveis para os machos.
Os pesquisadores notaram que as borboletas fêmeas frequentemente fechavam as asas quando borboletas machos voavam muito perto delas. Também acharam que elas fechavam menos as asas quando uma espécie diferente de borboleta voava nas proximidades.
Os cientistas explicam que persistentes tentativas de acasalamento por parte dos machos podem prejudicar as fêmeas, que são delicadas. Por isso, eles chegaram a conclusão de que as fêmeas poderiam fechar suas asas como uma estratégia para evitar o assédio.
Assim, os pesquisadores usaram um modelo de borboleta macho para desencadear uma reação nas fêmeas. Quando trouxeram o modelo para perto de uma fêmea que já tinha um parceiro, muitas vezes ela fechou as asas. As virgens, por outro lado, deixaram suas asas abertas.
Os pesquisadores dizem que, uma vez que as fêmeas não precisam mais acasalar, elas fecham as asas para se esconder. Já as virgens mantêm as asas abertas para ficarem visíveis. O comportamento de fechar a asa, portanto, evoluiu nas borboletas para evitar o assédio sexual.

fonte: Natasha Romanzoti tem 21 anos, é estudante de jornalismo e a  [BBC].
Postar um comentário