segunda-feira, janeiro 23, 2012

Pesquisadores esperam encontrar 'água primitiva' em cometa

Por EFE/La Tercer - Tradução: Paulo Poian
crédito: Bernhard Haeusler/Aerith.net
 
 Uma das imagens do La Sagra
Astrônomos de todo mundo andam sublinhando a possível existência de água primitiva idêntica à existente na Terra no cometa P/2010 R2, também conhecido como La Sagra e que foi descoberto em setembro de 2010 pelo Observatório Astronômico de Mallorca (OAM), na Espanha.

A esta conclusão chegaram os 39 especialistas em ciências planetárias de 18 centros de pesquisa e universidades de diferentes países que têm participado de um intenso programa de rastreamento do cometa achado a partir da Espanha, e cujos principais resultados foram difundidos hoje pelo OAM. O P/2010 R2 pertence a uma classe rara de cometas, os Main Belt Comets (MBC), que contêm materiais primordiais da formação do Sistema Solar e dos quais só se conhecem mais cinco espécimes.

Além da evidência sobre a potencial existência de água primitiva igual à existente na Terra, o estudo tem evidenciado estabilidade na atividade do corpo celeste, que tem mais de 100 milhões de anos. Segundo o observatório, a importância do P/2010 R2 está na chave pela composição química e isotópica de seu gelo aprisionado e gases nobres para ser comparados com a água do mar terrestre.

A informação obtida poderia revelar a origem da vida na Terra, razão pela qual os raros cometas MBC são objeto de uma intensa corrente de pesquisa que pode implicar alguma missão espacial para estudar in situ este tipo de corpos celestes. No trabalho de investigação internacional sobre o "cometa espanhol" La Sagra, participam os grandes telescópios Pan-STARRS e Faulkes North de Haleakala, Gemini e Keck em Mauna Kea (Havaí), o telescópio dinamarquês de La Silla (Chile) e o telescópio Isaac Newton em La Palma (Ilhas Canárias).

O estudo do cometa descoberto pelo OAM vem sendo financiado principalmente pelo Space Telescope Science Institute, o Astrobiology Institute e a Planetary Science Division da Agência Espacial Norte-Americana (NASA), além de universidades e centros de estudos. Foi localizado pelos telescópios robóticos na estação de La Sagra, serra de mesmo nome. O OAM é líder europeu em descobertas de asteróides e cometas e vigilância do meio ambiente espacial no marco da Agência Espacial Européia (ESA). Segundo o observatório, seus telescópios robôs já descobriram mais de 6.000 novos asteróides - alguns deles potencialmente perigosos para a Terra - e quatro cometas. 
crédito: ps1sc/Pan-STARRS
Outra foto do La Sagra
Outra foto do La Sagra
Postar um comentário