domingo, janeiro 01, 2012

Porque resoluções de ano novo falham (e como mantê-las)

Milhõesde pessoas a cada Réveillon   fazem resoluções de Ano Novo ... então vem Janeiro e entra Fevereiro e vem Março e entra Abril e sempre adiando, protelando...e a maioria das resoluções acabam não vingando.

De acordo com Tom Connellan, autor de “The 1 Percent Solution: How to Make Your Next 30 Days the Best Ever” (em português,“A solução 1%: como fazer dos seus próximos 30 dias os melhores”, 2011), logo na primeira semana de janeiro, 25% das resoluções de ano novo não são nada mais do que uma memória. As perspectivas de manter uma resolução ao longo do ano são ainda mais sombrias.

Connellan estima que quando chegarmos a 2013, 88% das resoluções de ano novo já terão sido quebradas.
Existem muitas razões pelas quais as resoluções não são mantidos, mas de acordo com Connellan, três razões principais destacam-se acima das outras.

    
* Contamos com uma única motivação. - As pessoas acreditam que encontrarão um truque secreto para motivar-se quando a motivação na verdade vem de pequenos sucessos, de acordo com Connellan.

    
* Nós só pensamos "grande". - As pessoas só pensam em termos de mudanças de grande porte sendo que muitas vezes são irreais - como perder muito peso em 1 mês  ou fazer uma grande mudança de vida, disse ele.

    
* Nós não percebemos que mesmo a mudança positiva é desconfortável. - Mudar, mesmo a boa mudança, é uma ruptura com a norma, disse Connellan.


A solução para evitar tornar-se  parte do "clube da furada"  é tão simples que podemos pensar em termos de gestão de tempo, de acordo com Doug Sundheim, co-autor de "As 25 Ferramentas Best Time Management & Techniques: How to Get More Feito Sem Driving-se Crazy" (Peak Imprensa Performance, 2011).

Sundheim recomenda que as pessoas sigam estes passos para manter as resoluções de Ano Novo e ter um ano feliz.:
 
* Priorizar o que você quer realizar. - Escolha o seu "top três gols" (três principais objetivos) e se concentre neles.

    
* Reduzir a sobrecarga de informações. -Seja seletivo em relação a que tipo de informações você vai prestar mais atenção, a fim de maximizar a gestão do tempo.


    
* Aprenda a dizer não. - Dizer não é uma forma de mostrar o que é verdadeiramente importante na vida de uma pessoa.


Fonte: Esta história foi fornecida pela BusinessNewsDaily,  de LiveScience. Alcance pessoal BusinessNewsDaily escritor David Mielach em Dmielach@techmedianetwork.com. Siga-o no Twitter @ D_M89.
Postar um comentário