sexta-feira, fevereiro 24, 2012

Quanto custaria para construir a Pirâmide de Gizé hoje?
















Mesmo com toda a tecnologia – guindastes, helicópteros, tratores e caminhões – à nossa disposição hoje, seria difícil construir a Grande Pirâmide de Gizé.
Sua construção de 4.500 anos atrás é tão surpreendente aos olhos de algumas pessoas que elas chegam a teorizar uma participação mística ou mesmo alienígena envolvendo o monumento.
Mas a teoria atual da construção da Grande Pirâmide – a noção de que ela foi criada de dentro para fora, através de uma rampa em espiral interna – é, provavelmente, ainda o melhor plano de construção para tal beleza.
Seguindo esse plano atualmente, poderíamos replicar a Maravilha do Mundo Antigo por nada mais, nada menos que 9 bilhões de reais.
A pirâmide tem 230 metros de comprimento em cada lado, 146 metros de altura e é composta de 2,3 milhões de pedras pesando quase 3 toneladas cada uma, em uma massa total de 6,5 milhões de toneladas.
Diz a lenda que a estrutura foi erguida em apenas 20 anos, o que significa que um bloco deve ter sido movido para o local a cada 5 minutos de cada dia e noite. Esse ritmo teria exigido o trabalho escravo de milhares de pessoas.
Enquanto as teorias tradicionais afirmam que a pirâmide foi construída através de uma longa rampa externa, essa rampa teria de ter mais de um quilômetro para arrastar pedras para cima, e um volume de pedras o dobro da própria pirâmide. Difícil, não?
Uma teoria nova mais econômica que está ganhando força entre os arquitetos e egiptólogos considera que o terço inferior da altura da pirâmide foi construída por pedras arrastadas até uma rampa externa. Mas, acima disso (o restante de 33% ou mais do volume piramidal) foi construído através do interior da estrutura, em torno de uma rampa interna levemente inclinada.
Além disso, os trabalhadores poderiam ter reutilizado as pedras extraídas da rampa externa para construir os escalões superiores da pirâmide, de modo que nada seria desperdiçado.
Essa teoria é de Jean-Pierre Houdin. Segundo ele, esse seria o método mais econômico para a construção da pirâmide no passado e poderia ser replicado hoje.
Haveria duas principais diferenças entre a construção de pirâmides agora e antes. Primeiro, em vez de pessoas transportando as pedras até as rampas, usaríamos algo com um motor. Em segundo lugar, para os últimos 10 ou 15 metros, usaríamos um guindaste de pequeno porte para a fixação das pedras (usando também helicópteros).
Enquanto a pirâmide foi originalmente construída por 4.000 trabalhadores ao longo de 20 anos usando força, trenós e cordas, a construção da pirâmide hoje com pedras, transporte de veículos, guindastes e helicópteros provavelmente levaria 1.500 a 2.000 trabalhadores em torno de cinco anos, e custaria cerca de 9 bilhões de reais.
Não há planos para construir uma pirâmide em escala grande atualmente, mas uma campanha para um modelo em escala reduzida está em curso. A Earth Pyramid Project, com sede no Reino Unido, está levantando fundos para erguer uma estrutura piramidal em um local ainda a ser decidido, construída com pedras extraídas em todo o mundo. Ela irá conter uma cápsula do tempo, aberta por 1.000 anos a partir de agora.
Financiada pelos governos e organizações ao redor do globo, a Earth Pyramid não só fornece uma janela da cultura contemporânea para as sociedades futuras, mas também irá servir como uma oportunidade para testar a teoria de Houdin da construção da Grande Pirâmide de Gizé.[MSN, Foto de walldesk
Postar um comentário