terça-feira, abril 24, 2012

Novidades sobre produtos movidos a Energia Solar


Capa solar para Kindle 

Por Gisele Eberspacher às 15h15 de 13/01/2012


Uma das novidades sustentáveis da CES 2012 (Consumer Electronics Show, uma das maiores feiras de eletrônicos do mundo, que acontece em Las Vegas) é uma capa solar para o reader Kindle. Com um pequeno painel solar embutido e duas baterias para armazenar energia, a capa ainda tem uma pequena lanterna LED para leitura em locais com pouca luz.
LG Optimus Sol: Novo smartphone terá carregador solar
Por Elis Jacques às 17h22 de 12/08/2011
O LG Optimus Sol ainda não está nas lojas, mas promete trazer um diferencial ecológico para os aparelhos. A novidade é o painel solar que fica na parte de trás, recarregando a bateria a partir da energia solar. Ainda não foi divulgado o tempo de exposição ao sol necessário para o aparelho ser recarregado, porém alguns detalhes foram liberados para os consumidores, como a tela Amoled de 3,8 polegadas, resolução WVGA (800×480 pixels), sistema operacional Android 2.3.3 e uma câmera de 5 MP.
Veja o vídeo com mais detalhes (em alemão): LG Optimus Sol
 Já é possível imprimir células solares em papéis, panos e plásticos comuns
Por pontocom às 16h48 de 12/07/2011
Equipe de pesquisadores do MIT (Massachusetts Institute of Technology) desenvolveram um sistema que permite que células solares sejam impressas em papéis, panos e plásticos comuns.
Atualmente, os materiais que captam energia solar exigem a exposição dos substratos a líquidos e temperaturas muito altas. O novo processo utiliza vapores e temperaturas abaixo de 120°C.
A células fotovoltaicas são flexíveis, e a produção poderá ser empregada em grande escala comercial e a baixo custo. As condições para a impressão são mais fáceis de criar os substratos que as células solares, e eles podem ser impressos em praticamente qualquer superfície.
O único problema está na questão de eficiência energética, que é apenas de 1%. A equipe de cientistas está pesquisando como essa nova tecnologia pode ter uma eficiência maior, sendo aplicada em materiais do cotidiano.
Umeox Apollo, o Android que funciona com luz solar
Por Matheus Brandão Granemann às 16h02 de 15/02/2011
Um produto ecologicamente correto apresenta um painel solar, oferecendo ao usuário a possibilidade de utilizar uma fonte natural para recarregar o smartphone. O aparelho é voltado para aventureiros, que buscam um produto mais resistente e incrementado.
O Umeox Apollo é a tendência do mercado, com tela touchscreen, adaptado para os recursos do sistema Android e é perfeito, por exemplo, para agilizar a atividade de usuários que estiverem escalando uma montanha e precisam consultar um mapa.
Os outros detalhes e funções do aparelho ainda não foram revelados pelo fabricante e clique aqui para mais informações (em inglês).
Charger Ecco
Por pontocom às 16h50 de 28/01/2011
O carregador é um produto 100% brasileiro. Foto: Divulgação
Ecologicamente correto, o carregador funciona a base de energia solar e, sendo multidispositivo, carrega até dois aparelhos de uma só vez. O carregador já vem com seis adaptadores, apropriados para diversos dispositivos móveis. O equipamento tem porta USB ou alimentação através da rede AC, e possui LED, como indicador do nível de energia.
O Charger Ecco tem uma saída USB, entrada mini para cinco pinos, entrada AC e a bateria de lítio de 1600mAh pesa 180g. O produto traz um adaptador AC, um jogo de conectores, um carregador USB com quatro linhas de saída e uma bolsa de tecido.
Para mais informações e locais de venda do produto, o site é www.c3t.com.br
Mochila com energia solar e muitas funções
Por pontocom às 17h05 de 21/01/2011
A mochila Androcell possibilita a troca, o armazenamento, criação e visualização de dados digitais, além de executar várias tarefas básicas. Os materiais utilizados são inovadores e orgânicos, sem contar que ela converge várias tecnologias que usualmente são trocadas por estarem ultrapassadas no mercado.
Ela possui um display interativo em E-paper, que faz com que cada mochila tenha uma aparência diferente. As alças são resistentes e também emitem uma luz de segurança que pode ser muito útil para ciclistas à noite, e o usuário pode escolher a cor. É nas alças também que se faz o controle de arquivos, modificando e trocando imagens ou vídeos no visor da frente da mochila. Há também um dispositivo USB e um sistema de alto-falante integrado, permitindo escutar música ao ar-livre.
Quando a Androcell é exposta à luz solar, as células fotovoltaicas alimentam o dispositivo de forma sustentável. Designer: Karan Singh Gandhi
Sistema híbrido utiliza luz solar e calor do corpo humano para gerar energia
Por pontocom às 15h38 de 13/12/2010

Energia alternativa
O material usado no produto é orgânico. (Foto: Divulgação)
A empresa japonesa Fujitsu planeja lançar até 2015 um sistema que não utiliza a troca de bateria ou fios elétricos na obtenção de energia. Ao capturar a luz solar e o calor do corpo humano, o projeto que tem a proposta de sustentabilidade é pioneiro ao aliar essas duas formas de captação no mesmo painel.
Os fabricantes explicam que o produto é feito com componentes orgânicos, contribuindo para o baixo custo de fabricação.
Segundo a empresa, uma das aplicações principais seria no setor médico. Poderia servir para um aparelho de monitoramento medindo pressão arterial, temperatura corporal e frequência de batimentos cardíacos sem a preocupação com baterias.
O gráfico mostra o funcionamento da geração de energia. (Imagem: Divulgação)
Guarda-sol que guarda energia
Por pontocom às 14h00 de 07/10/2010
Guarda-sol
O Solaris é um guarda-sol com placas fotovoteicas que armazenam energia solar para recarregar baterias. (Foto: Divulgação)
O Solaris é um guarda-sol equipado com painéis fotovoltaicos, capazes de utilizar a energia solar para recarregar aparelhos eletrônicos. Ao todo, são seis folhas retráteis que podem ser armazenadas facilmente. As tomadas ficam na base do equipamento.
O produto foi projetado por um trio de designers industriais, que acreditam que o Solaris pode ser um incentivo para as pessoas passarem mais tempo ao ar livre. Além disso, pensaram também em escolher uma fonte de energia renovável e em usar materiais duráveis e recicláveis.
Música pela janela é aposta de designers
Por pontocom às 11h35 de 01/10/2010
Aparelhos eletrônicos movidos a energia solar são cada vez mais comuns ultimamente. O que é muito bom para conseguirmos acompanhar o desenvolvimento tecnológico e ainda ajudar o meio ambiente.
Produto leva a marca da Sony e ainda tem tocador de fitas cassete (FOTO: Divulgação)
A revista digital de design Yanko Design, publicou mais uma dessas novidades.
Desenvolvido por Hoang M. Nguyen e Anh Nguyen, o Eclipse é um tocador de mídias que funciona com energia solar.
Segundo os criadores o produto funciona com a absorção da energia solar ao ser colocado nas janelas. Ele é equipado com conexão Bluetooth, o que permite interagir com outros tocadores que estiverem próximos.
O Eclipse ainda é apenas um protótipo e não há previsão de venda.
Energia da Fotosíntese
Por pontocom às 15h00 de 29/09/2010
Folha verde
Aparelho ainda não tem data para chegar no mercado. (Foto: Divulgação)
A Universidade da Carolina do Norte criou um aparelho que simula o processo de fotosíntese das folhas para criar energia elétrica. A tecnologia pode ser ainda melhor que os painéis solares.
As folhas são feitas a partir de um gel à base de água e substâncias sensíveis à luz, como a clorofila, e cobertas com carbono ou grafite. Enquanto as plantas utilizam esse processo para a criação de nutrientes, os pesquisadores adaptam para a criação de energia elétrica.
A intenção é que essas folhas possam ser utilizadas em moradias, para consumo de energia própria. Como as folhas ainda não estão finalizadas, o custo da tecnologia ainda não foi divulgado.
Postar um comentário