sexta-feira, julho 27, 2012

ILUMINAÇÃO NATURAL NA ARQUITETURA SUSTENTÁVEL


casa_e_balta_003
Apesar de todo o conhecimento, o aproveitamento da luz natural foi deixado de lado por um longo período da história. A revolução Industrial e os novos métodos de trabalho trouxeram a expansão de novas fontes artificiais. Com o surgimento da lâmpada incandescente e, posteriormente, da lâmpada fluorescente, a iluminação natural ficou em segundo plano nos edifícios residenciais e comerciais.
Por outro lado, após as duas grandes guerras, a crise na questão energética ficou iminente, cujo ápice se deu em 1973 com a grande crise do petróleo. Em função disso, medidas de racionamento do consumo de energia foram potencializadas, bem como cresceu a preocupação mundial em relação aos recursos naturais renováveis e não-renováveis.
Um elevado potencial de economia de energia pode ser alcançado com a utilização da iluminação natural como fonte de luz para iluminar os ambientes internos. Além do potencial de economia, a iluminação natural possui outros benefícios insubstituíveis, tais como:
  • Melhoria no conforto com miminização de consumo energético;
  • Bem-estar dos indívíduos com aumento de produtividade;
  • Ótima reprodução das cores naturais.
A luz natural proporciona ao ambiente uma variabilidade que depende do percurso do sol, bem como uma qualidade visual mais agradável e apreciada comparado à iluminação artificial. A relação do usuário com um ambiente iluminado naturalmente é, sem dúvidas, mais estimulante e prazeroso que aquele iluminado artificialmente. Estudos já demonstraram que o ser humano e seu relógio biológico reagem favoravelmente aos estímulos naturais que recebem da luz do dia, proporcionando melhor adequabilidade as atividades diárias e boa sensação de bem estar.
Para aproveitamento adequado da luz natural, é importante um estudo acertado no desenvolvimento do projeto arquitetônico para se evitar a incidência da luz solar direta sobre os ambientes. A radiação solar pode gerar um superaquecimento do ambiente interno, principalmente em países de clima quente como o Brasil. Nesse sentido, o estudo de orientação da edificação deve ser feito respeitando as características locais do terreno.
Diante de todas essas questões, a equipe Ecodhome procura aproveitar da melhor forma a iluminação natural em seus projetos, utilizando a luz do sol e do céu adequadamente e combinados a luz artificial, bem como dando um tratamento especial a luz do sol para evitar o aquecimento excessivo dos ambientes.

Postar um comentário