quinta-feira, julho 07, 2011

Curiosidades: Cratera Lunar


O que está retratado na imagem é apenas o pico central da Cratera Tycho, ou seja, uma área elevada dentro da cratera propriamente dita. Apenas esta deformação no relevo tem mais de 15 quilômetros de largura (a cratera toda tem mais de 86), e o cume desta elevação tem 2 quilômetros (para efeitos de comparação, é o equivalente ao Pico Paraná, montanha mais alta do sul do Brasil). A profundidade da cratera Tycho, em seu ponto mais rebaixado, chega quase aos 5 quilômetros.

Complexo Cratera Tycho, o  pico central lança uma sombra longa e escura perto do nascer do sol local neste lunarscape espetacular. O ponto de vista dramático  foi gravado em 10 de junho/2011 pelo Lunar Reconnaissance Orbiter.
Mostrado em detalhes surpreendentes, boulder strewn encostas e sombras irregulares aparecem na versão de mais alta resolução de 1,5 metros por pixel. O complexo resistente é cerca de 15 quilômetros de largura, formado em elevação pelo impacto gigante que criou a conhecida cratera ray de 100 milhões de anos. A cúpula de seu pico central atinge 2 km acima do chão da Cratera Tycho.

Cratera Tycho é uma uma das crateras mais proeminentes na Lua - ele aparece como um ponto brilhante nas terras altas do sul com raios de material brilhante que se estendem em grande parte do lado mais próximo. Seu destaque não é devido ao seu tamanho: a 85 km de diâmetro, é uma apenas uma entre milhares desse tamanho ou maior. O que realmente faz Tycho se destacar é a sua relativa juventude. Se formou recente o suficiente para que seus belos raios do material expulso durante o evento de impacto, ainda sejam visíveis como manchas brilhantes. Todas as crateras começam desse jeito depois que se formam, mas seus raios desaparecem gradualmente à medida que se assenta a superfície, exposta ao ambiente espacial.
 fonte:[NASA]
Postar um comentário