sábado, abril 27, 2013

A inacreditável moradia com jardim vertical em Lisboa (com VÍDEO)

A inacreditável moradia com jardim vertical em Lisboa (com VÍDEO)
foto: greensavers

Jardins suspensos

De vez em quando, entre artigos de jornal e partilhas de redes sociais, aparece-nos este edifício. Situado na Travessa do Patrocínio, junto a Campo de Ourique, Lisboa, esta moradia tem o selo da ADN Garden e uma grande novidade nos edifícios da capital: um jardim vertical com mais de 4.000 plantas.  A moradia de três pisos substituiu umas antigas ruínas e é a prova que reabilitação e sustentabilidade casam bem.

Cada piso tem um aroma: o primeiro a alecrim, o segundo a alfazema e o terceiro a caril. “Esta rua tem um cheiro de campo na Primavera e Verão”, explicou ao Economia Verde João Salgueiro, da ADN Garden. Segundo Tiago Rebelo de Andrade, um dos três arquitetos responsáveis pelo projeto, o jardim vertical ajuda o edifício termicamente. “Existem painéis solares em cima dos elevadores, para aquecimento de águas, e o próprio conceito da arquitetura também o torna sustentável, na medida em que traz a natureza para o centro da cidade”, explica.

A base do sistema é hidropônico, um sistema gota a gota controlado por várias secções. Nas que estão mais expostas ao Sol, a rega é feita mais vezes ao dia. Nas zonas menos expostas ao Sol, a rega é menor. O único inconveniente da moradia é o preço: €1,5 milhões. Mas nem isso deverá ser entrave à aquisição do imóvel, segundo Luís Soares Franco, da promotora do projeto, a BWA. “Claramente há mercado, sobretudo numa época como esta de crise, onde são verdadeiramente os projetos originais aqueles que mostram a diferença e vingam”, explicou ao Economia Verde. A BWA diz que esta moradia é uma iniciativa única em Portugal e o primeiro edifício de habitação com cobertura de jardins verticais nas suas fachadas.
Postar um comentário